22 janeiro 2008

Salve Jorge!

Houve um tempo em que eu não entendia.

Quando chegava em uma casa - geralmente pobre - e via um altar ou um quadro em homenagem a São Jorge, tinha um certo pavor e ao mesmo tempo uma certa repugnância, ou preconceito que eu não sabia explicar.

Na minha ignorância de menino, e depois de adulto criado por mãe imbuída de tradição católica, mas ignorante e medrosa diante das tradições e sincretismos religiosos do Brasil, demorei muito a perceber a simbologia do Santo Guerreiro que vence o mal, sobretudo os males físicos que nos assolam, muitas vezes disfarçados de maus amigos, violências de todos os tipos que sofremos, ou mesmo pelo monstro do desânimo ou até da depressão.

Meu santo de guarda sempre foi São Francisco de Assis, que me acompanhou durante o tempo de escoteiro, depois na comunidade de jovens da qual participei vários anos. Santo da paz e do amor, da virtude e da proteção aos mais humildes, que ressalta os valores da pobreza (que eu assimilei como desapego material) e proteção à natureza e aos animais. São Francisco é quase um tratado do que é ecologicamente correto, super globalizado e sempre atual. Impossível alguém que não tenha uma certa simpatia por ele. Combinava (e combina) com a idéia romântica que eu tinha (e tenho) do mundo, e sobre a qual ainda vou falar aqui.

Já São Jorge não... Montado em seu incrível cavalo branco, com vestes de soldado, e lutando contra uma criatura mítica. Um santo um tanto impossível de crer. Muitos anos se passaram até que eu percebesse (e abstraísse o dragão) pra entender o simbolismo que ele trazia. Numa dessas baixas da vida eu achei que precisava invocar santos "mais fortes" acostumados com outras batalhas, pra ajudar o meu sofrido, amado e frágil São Francisco. Foi então que eu chamei pro meu altar Nossa Senhora Desatadora de Nós e junto com ela, até mesmo pela cortesia de não deixar uma dama desassistida durante um embate, chamei o "meu" valente São Jorge. Pensei, naquela ocasião, que se ele tem força e coragem pra enfrentar um dragão que cospe fogo, ia poder me ajudar a enfrentar minhas dificuldades e infortúnios.

Pois não é que deu certo ? Hoje no meu altar tem essa trinquinha perfeita - São Francisco, São Jorge e Nossa Senhora Desatadora de Nós. Costumo dizer que São Francisco persuade pela paciência, pela perseverança e pela simpatia, Nossa Senhora Desatadora quebra as resistências, abre os nós e desembaraça as complicações da vida, e São Jorge atua quando o diálogo já não se sustenta, espantando "na raça" os inimigos e guardando o nosso caminho para que não voltem a nos perseguir ou aborrecer.

Todos eles, assistidos pelo Espírito Santo, pelo meu Senhor Jesus Cristinho e por Deus Pai Todo Poderoso, claro!

Também não largo da mão do meu anjo da guarda, questão de ser leal a quem é leal comigo, ora bolas!

Pra quem não acredita nessas "entidades" todas, eu digo que também tenho cá as minhas dúvidas, vez por outra, e resolvo isso facilmente, porque acima de tudo acredito numa energia criadora e mantenedora, que tudo apraz, e que, por incrível que pareça, nos ouve e muitas vezes aceita nossos pedidos e sugestões. Nos convida a ser co-criadores.

Não abro mão, entretanto, do "charme" de ter no meu altar a história e o exemplo dessas forças todas que integram a nossa história e as nossas crenças. Pelo jeito acho que eles também gostam de andar comigo. Por isso aproveitei o dia de hoje pra homenageá-los, e também pra dar a dica pra quem anda precisando de uma forcinha.

Um ótimo dia pra nós, na companhia do natural e também do sobrenatural. Porque a vida não é apenas "isso" que materialmente se nos apresenta.



http://www.saofranciscodeassis.hpgvip.ig.com.br/
http://www.comamor.com.br/jorge.htm
http://www.geocities.com/Heartland/Bluffs/6737/DesatadoraNos/DesatadoraNos.htm

3 comentários:

Val-André Mutran disse...

Parabéns pelo blog.
Estamos lá nos Corredores.
Abs

ELAINE disse...

COMPARTILHO COM VOCÊ A FÉ NOS SANTOS.SE MESMO NÓS, EM NOSSA FRAQUEZA, PODEMOS SEMPRE FAZER ALGO BOM ÀS PESSOAS, MESMO QUE NÃO NOS PEÇAM, IMAGINE O QUE PODEM FAZER POR NÓS AQUELES QUE ESTÃO JUNTO DE DEUS, QUANDO PEDIMOS?
APROVEITO PARA PARABENIZÁ-LO PELO BLOG. SEUS TEXTOS E ILUSTRAÇÕES SÃO INCRÍVEIS. VOCÊ É UM ARTISTA!
ABRAÇO, ELAINE.

Daniela disse...

Silvio, muito legal seu blog... nos conhecemos no orkut, mas como não estou mais lá perdemos o contato, por isso adorei o email me convidando pra entrar no blog, e adorei os textos, inclusive a poesia lá embaixo (dá pra fazer uma música hein!)
Abraços
Daniela